Rolamentos radiais vs rolamentos axiais, qual?

Rolamentos radiais vs rolamentos axiais, qual?

Com o rápido desenvolvimento e progresso do mundo, os rolamentos tornaram-se um dos componentes essenciais em equipamentos mecânicos. Um rolamento é um componente mecânico rotativo que consiste em dois anéis, um elemento rolante e um conjunto de gaiolas. A ponteira é fixada no dispositivo mecânico e os elementos rolantes rolam dentro da ponteira. Como componente principal do equipamento mecânico, os rolamentos são usados ​​para apoiar a operação de equipamentos mecânicos. Eles também podem transmitir movimento e força para garantir a precisão e estabilidade do equipamento mecânico. O rolamento na verdade “suporta” a força da peça à medida que ela se move. Embora a maioria dos rolamentos tenha um projeto semelhante, alguns são radiais e outros são axiais. Portanto, compreender as diferenças entre os tipos de rolamentos e dominar os métodos corretos de uso e manutenção dos rolamentos é de grande importância para o nosso progresso científico e tecnológico.

O que é um rolamento radial?

Os rolamentos radiais são projetados especificamente para suportar cargas radiais. Cargas radiais são forças que ocorrem perpendicularmente ao eixo de rotação. Entende-se que a origem dos rolamentos radiais remonta ao século XIX. Em 19, Jules Suriray patenteou o primeiro rolamento radial do mundo. O design de Suriray foi originalmente planejado para uso em bicicletas, mas abriu caminho para outras aplicações. O projeto de rolamentos radiais geralmente inclui componentes principais, como anéis externos, anéis internos, elementos rolantes e gaiolas. Quando os elementos rolantes rolam entre o anel externo e o anel interno, o atrito e o desgaste podem ser reduzidos, melhorando assim a eficiência e a vida útil do equipamento mecânico. A principal característica de um rolamento radial é que ele só pode suportar cargas radiais e não pode suportar cargas axiais. Se o equipamento for necessário para suportar cargas axiais, outros tipos de rolamentos ou projetos estruturais serão frequentemente necessários, como rolamentos axiais. As principais categorias de rolamentos radiais são:

rolamento radial

Faixa de aplicação de rolamentos radiais

Os rolamentos radiais são amplamente utilizados em diversos equipamentos mecânicos, como motores de automóveis, transmissões, redutores, motores, máquinas de engenharia, navios e aeronaves, etc. Eles desempenham um papel importante na transmissão mecânica, garantindo o funcionamento normal dos equipamentos e melhorando a eficiência da produção e qualidade.

O que é um rolamento axial?

Um rolamento axial é um rolamento usado para reduzir o atrito e o desgaste entre duas superfícies móveis, geralmente um eixo e uma caixa. Os rolamentos axiais são usados ​​em diversas aplicações, desde máquinas industriais até componentes automotivos. Eles fornecem uma interface de baixo atrito entre dois componentes e reduzem a quantidade de desgaste que ocorre em contato direto. Os rolamentos axiais são geralmente compostos por duas arruelas axiais ou arruelas axiais e vários elementos rolantes. Geralmente, as arruelas de encosto são divididas em peças de eixo e peças de sede. Os tipos mais comuns de corpos rolantes são geralmente feitos de ferro ou cobre. A gaiola é combinada em um todo. Os rolamentos axiais são projetados especificamente para suportar cargas axiais. Cargas axiais são forças ao longo do eixo de um eixo giratório. Tal como os seus homólogos radiais, eles são projetados para reduzir o atrito. No entanto, os rolamentos axiais são mais adequados para aplicações que envolvem cargas axiais. Os principais tipos de rolamentos axiais são:

rolamento de pressão

Faixa de aplicação de rolamentos axiais

Motor de avião

  • Os rolamentos axiais são usados ​​em motores de aeronaves para apoiar eixos e absorver a carga de impulso do motor.

  • Os rolamentos axiais são particularmente importantes para aplicações como motores turbojato que produzem alto empuxo.

  • Os rolamentos axiais ajudam a reduzir a vibração e garantem que o motor funcione de maneira suave e eficiente.

  • Os rolamentos axiais também ajudam a reduzir o desgaste dos componentes do motor e prolongar sua vida útil.

Transmissão Automotiva

  • Os rolamentos axiais são uma parte importante das transmissões de automóveis e são usados ​​para apoiar eixos de transmissão e outros componentes.

  • Os rolamentos axiais são projetados para suportar cargas elevadas e ajudar a manter o sistema de transmissão funcionando suavemente.

  • Os rolamentos axiais são normalmente feitos de aço temperado e são fortes o suficiente para suportar os rigores de um sistema de transmissão.

  • Os rolamentos axiais ajudam a reduzir o atrito e o desgaste dos componentes da transmissão e ajudam a prolongar a vida útil da transmissão.

Fuso da máquina-ferramenta

  • Os rolamentos axiais são usados ​​em fusos de máquinas-ferramenta por vários motivos, incluindo a redução do atrito entre o fuso e as superfícies do rolamento, fornecendo suporte para o fuso e auxiliando no alinhamento radial e axial.

  • Os rolamentos axiais são projetados para suportar cargas axiais impostas ao fuso e fornecer força suave e uniforme à medida que ele gira.

  • Os rolamentos axiais garantem uma operação suave e precisa da máquina e reduzem o desgaste do próprio fuso.

Pump

  • Os rolamentos axiais são comumente usados ​​em bombas para absorver cargas axiais devido à alta pressão e torque gerados pela bomba.

  • Os rolamentos axiais atuam como suporte para a bomba, ajudando a garantir que o eixo da bomba permaneça alinhado e que as peças não se desgastem excessivamente.

  • Os rolamentos axiais ajudam a prolongar a vida útil da sua bomba e garantem que ela funcione com eficiência.

A diferença entre rolamentos radiais e rolamentos axiais

diferença estrutural

As estruturas dos rolamentos axiais e dos rolamentos radiais são muito diferentes. Os rolamentos radiais são compostos principalmente de anéis internos e externos, elementos rolantes e gaiolas, e suportam principalmente forças radiais. O rolamento axial é composto principalmente por dois anéis e elementos rolantes e suporta principalmente força axial. As diferenças estruturais entre rolamentos axiais e rolamentos radiais determinam suas diferentes capacidades de trabalhar sob diferentes forças.

A diferença entre forças

A força suportada pelos rolamentos radiais é principalmente a força radial e não é adequada para a força axial do rolamento. Quando a força axial é muito grande, também pode ser gerada força radial, tornando o rolamento radial incapaz de suportar tal força. Os rolamentos axiais suportam principalmente força axial e podem suportar uma grande quantidade de força axial. Eles também podem suportar uma certa força radial. Além disso, a direção da força do rolamento axial é diferente daquela do rolamento radial. Os rolamentos axiais podem ser projetados para ter alta rigidez e resistir à deformação quando pressionados, mas quando submetidos a direções de carga inadequadas, podem ocorrer cargas secundárias entre os anéis interno e externo.

A diferença no escopo de aplicação

Os rolamentos radiais são adequados para aplicações de carga leve e média-leve e são comumente usados ​​em equipamentos como motores elétricos, máquinas-ferramentas e automóveis. Os rolamentos axiais desempenham um papel importante em máquinas de grande porte, como máquinas pesadas, rolos de laminação de siderúrgicas e grandes equipamentos metalúrgicos. Além disso, alguns equipamentos precisam suportar tanto a força radial quanto a força axial. Neste caso, um rolamento combinado composto por um rolamento radial e um rolamento axial precisa ser usado em conjunto.

Conclusão

Os rolamentos axiais e radiais são muito diferentes em termos de estrutura, força e escopo de aplicação. Ao selecionar rolamentos, você deve considerar os tipos de cargas aos quais eles serão submetidos. Para cargas radiais, rolamentos radiais devem ser selecionados. Para cargas axiais, rolamentos axiais devem ser selecionados. Em aplicações práticas, diferentes rolamentos precisam ser selecionados de acordo com diferentes forças.